Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistat/public_html/lib/canal/modulo.php on line 239

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistat/public_html/lib/canal/modulo.php on line 239

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistat/public_html/lib/canal/modulo.php on line 239

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistat/public_html/lib/canal/modulo.php on line 239

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistat/public_html/lib/canal/modulo.php on line 239

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/revistat/public_html/lib/canal/canal.php on line 514
você está aqui: » Noticias 

Aditivos alimentares em produtos industrializados

Uns utilizados há séculos, outros há pouco tempo. Conforme os avanços das pesquisas, alguns são de uso controvertido ou pelo menos discutível, outros tecnologicamente necessários e alguns até podem contribuir na qualidade nutricional do alimento.

José Antonio Braga Neto - em 20/10/2010, 14h23
foto
Foto: dreamstime.com


De uma forma ou de outra os aditivos utilizados na produção de alimentos industrializados são substâncias que adicionadas aos mesmos tentam atingir diversos propósitos. Formalmente definidos como “toda substância ou mistura de substâncias, adicionada ao alimento com a finalidade de impedir alterações, manter, conferir ou intensificar seu aroma, cor e sabor; modificar ou manter seu estado físico geral, ou exercer qualquer ação exigida para uma boa tecnologia de fabricação do alimento”, desempenham papel fundamental na produção de alimentos principalmente nos aspectos relacionados para sua conservação, a melhorar suas características sensoriais e a de manter e/ou aumentar seu valor nutricional.
Sua normalização esta dependente de organismos regulamentadores e fiscalizados que avaliam aspectos ligados ao seu potencial tóxico, a mutagenicidade e a carcinogenicidade; que determinam ou recomendam ou não o uso de um determinado aditivo; além de estabelecer o valor da Ingesta Diária Aceitável que é a quantidade diária que pode ser ingerida, em longo prazo, sem apresentar riscos à saúde, além de outros aspectos.
Sua necessidade de utilização está relacionada com o advento da vida moderna, tendo em vista o aumento da população, às mudanças no tipo de alimentos disponibilizados nos mercados, à transformação dos hábitos de comercialização dos produtos alimentícios, que se alteraram desde o século passado, exigindo da indústria um aumento na produção de alimentos, com um maior tempo de vida de prateleira, além de ter agregado uma maior qualidade tecnológica e que apresentassem atributos sensoriais melhorados, tendo em vista a crescente exigência do consumidos por este apelo, que para muitos é o fator determinante para a sua aquisição, em detrimento por vezes ao custo ou aos aspectos nutricionais do alimento que está sendo adquirido.
Portanto, produtos industrializados farão uso de aditivos para atender diversas exigências. No entanto, se utilizados num determinado alimento devem vir de forma obrigatória discriminados na embalagem conjuntamente com os outros ingredientes. Este fato nos permite, se estamos bem instruídos e conhecedores dos problemas relacionados aos aditivos, fazer uma seleção ou opção por aqueles produtos que não contem aquela substância que faz mal, assim como se faz escolhas de acordo com o custo do produto, o seu sabor, sua textura ou característica nutricional, o que pode variar para cada indivíduo.

feeds facebook twitter google+ canal do youtube

Revista Total Saúde

Rua: Alberto Néder, 328

Sala 35 - Centro Empresarial Alto do Prosa

Cep - 79002-160 Campo Grande/MS

Telefone:
(67) 3313-6200 / 3313-6201